BLOG

14 de Fevereiro

5 dicas do que fazer de graça em Curitiba

Planejamento urbano, transporte público eficiente e muita área verde são algumas características que fazem a fama da cidade de Curitiba, capital do Paraná. Essas qualidades ajudam bastante o setor turístico do local, trazendo mais investimentos e, consequentemente, estruturas mais equipadas aos visitantes brasileiros e estrangeiros.

Mas será que uma cidade com tantas vantagens tem um bom custo-benefício? Nós provamos que sim. Se você é daqueles viajantes que amam passear e descobrir lugares, mas não abre mão de um orçamento controlado, não pode deixar de conferir as 5 dicas que separamos para você a seguir:

1) Jardim Botânico

Inaugurado na década de 90, o Jardim Botânico de Curitiba é um cartão postal para deixar qualquer turista encantado com suas belezas. Ele foi arquitetado aos moldes dos jardins parisienses, surpreendendo com um tapete de flores logo na chegada. São mais de 178.000m² com mais de 40% de área verde preservada. O visitante ainda poderá conferir uma estufa metálica e com vidraças, inspiradas no Palácio de Cristal de Londres. O ponto chave é o Jardim das Sensações, projetado para as pessoas redescobrirem algumas espécies de vegetais usando apenas o tato e olfato. O Jardim Botânico é aberto de segunda à domingo das 6h às 20h, no verão, e das 6h, às 19h30, no inverno. O Jardim das Sensações funciona de terça à sexta, das 9h às 17h.

2) Museu Oscar Niemeyer

As construções do arquiteto Oscar Niemeyer são verdadeiras obras singulares. Conhecidos internacionalmente, seus edifícios curvilíneos chamam atenção de qualquer pessoa. No Museu que leva o seu nome, no bairro do Centro Cívico, o visitante poderá conferir diferentes exposições permanentes e itinerantes. Nas quartas-feiras, o museu tem entrada franca das 10h às 18h, com programação especial. A retirada dos ingressos funciona até às 17h30.

3) Mercado Municipal

Sabe como conhecer um lugar da melhor maneira? Através dos seus mercados públicos. Em Curitiba não é diferente. O Mercado Municipal, situado na Av. Sete de Setembro, possui dezenas de estandes com carnes, verduras, frutas, temperos, além de artesanatos e restaurantes especializados em quitutes e pratos típicos como a carne de onça (carne bovina crua), pinhão e o pão com bolinho (pão francês, bolinho de carne e cheiro-verde). A entrada é gratuita e os preços são bem em conta.

4) Parque Barigui

Uma excelente opção para levar a família é o Parque Barigui. Com uma área de 140 hectares, o espaço é uma boa pedida para atividades esportivas, passeios e lazer em geral. A flora e fauna são abundantes e as espécies de animais que são vistas com frequência são as garças-brancas, cutia, e a capivara que por estar presente em tantas quantidades, tornou-se a mascote da população local.

5) Centro Histórico

Que tal conhecer a história de Curitiba através de suas antigas ruas e construções? No Centro Histórico, o visitante consegue enxergar a dimensão de tantas memórias e a importância histórica e cultural que a cidade abarca. No passeio, não deixe de conferir e se encantar com a Casa Vermelha, O Castelo e a Família Hauer, Museu de Arte Sacra, o Prédio da Galeria Heisler, o Solar do Barão e a centenária construção da Bella Vivenda. Todas as visitas são gratuitas.

Posts relacionados: